Grupo Espírita em Niterói-RJ

Tag: perfeição

Universo

No transformismo que se opera no Universo não há fatalismos ou descuidos.

Há, sim, Leis maiores a regerem todos os movimentos da vida em todas as nuances em que se apresentam.

Se ao olharmos o microcosmo nos deparamos com a perfeição encontrada no átomo, que realiza inteligente intercâmbio com outros átomos, na cessão ou compartilhamento de elétrons; se vemos as trocas gasosas trabalhando de forma eficaz para o equilíbrio orgânico em um metabolismo, que funciona de forma automatizada, como imaginar a vida humana, nas suas relações mento emocionais, desprovida de cuidado e atenção, como pode supor o homem estar só no mundo, sem amparo e proteção.

É necessário enveredar por uma extensa jornada interior em busca do
conhecimento de si próprio. Uma análise feita a partir dos conteúdos mais profundos do Eu e reconciliar-se com o universo íntimo em primeiro lugar.

Quando a mensagem evangélica nos pede que nos reconciliemos com o adversário enquanto estamos com ele caminhando, está falando em primeiro lugar a quem ouve. Somos nós os primeiros seres com quem temos que nos reconciliar. Aprender o sentido do auto perdão para conseguirmos nos aceitar, nos acolher e, por fim, nos amarmos.

O Criador espera que caminhemos, ainda que com vacilantes passos.
Somos todos jornadeiros da Eternidade em busca de paz e equilíbrio.

Paz e Bem com dias de Sol e Luz a todos.

Natureza

A música da natureza é de beleza universal. Nos encanta a leveza, que sem
aspereza, afasta todo o mal. Consciências em formação, orientadas no
caminho para a Regeneração. Porque na dança da vida, linda, tão colorida, o objetivo é a perfeição.

Pródigos que somos, em todas as direções, tentando achar o rumo dos nossos corações.

Tanta riqueza assim, não poderia perecer, porque estamos na busca sem fim de um novo amanhecer.

Formamos a grande família dessa enorme constelação, onde o fraco que ora espera, encontrará amanhã a redenção.

Um alerta, no entanto, vos faço: não esqueçam nenhum ser.
Para que não venha, mais tarde, pela dor se arrepender.

Se a bonita melodia que insiste em tocar ecoa em nosso ser, aprenderemos com ela um dia, suas notas entoar.

Os seres aqui viventes não somos apenas nós. Junto à Natureza jamais estaremos sós.

Não é o limite o céu. Limites são meus atos, transformando o menor em réu.
Que venha o amor maior, amor incondicional. Onde todos serão amados, homem, planta e animal.

A Terra não será apenas recordação de dor, sofrimento e lutas, será também a casa da vida em comunhão.

As luzes que agora vejo, vem do Alto a me ofuscar, porque chegam como um cortejo de lindas sabiás.

Avezinhas tão sinceras, nos oferecendo a luz em forma de sinfonia,
deixando ver quão bela é a natureza em harmonia.

Irmanar-nos uns aos outros é nossa tarefa atual, para que todos juntos deixemos de vez o mal.

Saudades daquela terra em que ainda não pisei, onde o homem, a planta, o bicho, é todo mundo Rei.

Que flores de esperança rebrilhem nos corações, que sinceros despertam emoções.


Muita paz!

© 2021 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑