Grupo Espírita em Niterói-RJ

Dia: 12 de junho de 2018

Volta ao Pai

Sofrer neste mundo é a morte

Pensam os viajores

Não sabem como têm sorte

Ao poder curar seus amargores

Somos todos precisados

De um pedaço de pão

Estamos todos igualados

Num mar de defecção

Mas Deus que é soberano

Nada de mal vê nisto

E sigamos confiando

Andando de braços com Cristo

Um dia meu Pai me disse

Nenhuma ovelha se perderá

Não quisera que eu partisse

E eu pra Ele vou voltar

Quem quiser pode vir junto

Só tem que trabalhar

Tem lugar pra todo mundo

Basta orar e vigiar

Sementeira de amor

Quanta vida há em nós

Olhos que riem, olhos que choram

Mas não estamos sós

Somos todos mensageiros

Das cantilenas do além

Que refrigeram a alma

Dos que queremos bem

Precisamos agora de toda doçura

Para que mundo afora

Espantemos a amargura

Essa incrível multidão

Dos últimos trabalhadores

Verá enfim a vastidão

Do mundo em milhares de cores

Ajudar a quem precisa

É trabalhar sem cessar

Mas nada disso importa

O mais da vida é se doar

Seja para quem for

Pobre, rico ou doutor

Ninguém há neste mundo

Que esteja livre da dor

Sejamos semeadores

E saiamos a semear

Boa semente em terra fértil

Para um bom porvir esperar

© 2020 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑